sexta-feira, 28 de março de 2008

CAMPOS DOS GOYTACAZES: 173 ANOS DE HISTÓRIA
Do site da PMCG Com o tema “parabéns Campos formosa... Terra feita de luz e madrigais...” a secretaria de Educação da Prefeitura de Campos vai realizar uma cerimônia solene nesta sexta-feira (28), data do aniversário de 173 anos da cidade. O evento está marcado para às 9h na praça São Salvador. A programação contará com a presença de autoridades civis, militares e do prefeito em exercício Roberto Henriques, além da apresentação de tropas, homenagem aos ex-combatentes, hasteamento de bandeiras, leitura de poemas, entre outras atividades. À noite a população poderá contar com um programa cultural: a apresentação do Quinteto Villa-Lobos, que sobe ao palco do Teatro Municipal Trianon. O concerto está marcado para às 20h.Campos dos Goytacazes é o maior município do interior do Estado do Rio de Janeiro em extensão territorial e tem o sexto orçamento do país. Além disso, Campos também possui rica história com direito a confrontos entre os índios da Nação Goitacá e europeus. A bacia petrolífera de Campos responde por mais de 80% da produção de petróleo no país. Com isso o município oferece oportunidades para futuro como o programa de incentivo a indústrias do Fundo de Desenvolvimento de Campos (Fundecam). O fundo já gerou mais de 5 mil empregos, além de investir em 58 projetos e indústrias ligadas a diferentes segmentos como psicultura, confecção, agroindústria, petróleo e gás, biotecnologia e saúde. Campos também se destaca por suas personalidades e lutas sociais. Nomes como José do Patrocínio, Nina Arueira e Benta Pereira fizeram da cidade o “berço” de muitas revoluções, sobretudo, na área sócio-cultural. Por muito tempo o município se sustentou com a cultura da cana-de-açúcar, que depois entrou em crise. Posteriormente, Campos retomou à cultura canavieira e diversificou suas áreas de atuação na economia para garantir postos de trabalho e a absorção da mão-de-obra, que está se especializando na construção civil e como pólo universitário – que atrai anualmente centenas de estudantes de várias partes do país. As visitas do imperador D. Pedro II e a luta republicana foram outros marcos da história de Campos, assim como o início da indústria do açúcar e a descoberta de petróleo na bacia sedimentar campista, a 80km da costa. A Vila de São Salvador dos Campos foi elevada à categoria de cidade em 28 de março de 1835, data histórica para sua população.
Ponto facultativo no aniversário da cidade
O prefeito em exercício, Roberto Henriques, decretou ponto facultativo hoje, dia 28. A data marca o aniversário da cidade e foi publicado no Diário Oficial do município. De acordo com o decreto, funcionarão apenas os serviços essenciais como hospitais, coleta de lixo e, por causa do alto índice de notificações da dengue, o dia será normal também para os servidores da Defesa Civil e do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ). Também será normal o funcionamento do recadastramento para os terceirizados das empresas Service Clean, Fundação José Pelúcio e Cruz Vermelha.

2 comentários:

Xacal disse...

Don Vitor,

A revelação do Xacal sobre sua identidade foi só para criar clima...
Se um dia revelar quem é o xacal, só se for para matá-lo...

Blog Vitor Longo disse...

É isso aí e me avise antes para te dar uma cobertura.