quarta-feira, 14 de novembro de 2007

HOMENAGEM A UM AMIGO, UM IRMÃO, UM ÍDOLO...

Dr. ANDRAL NUNES TAVARES FILHO
Dr. Andral Nunes Tavares Filho, Andralzinho para os mais íntimos, é uma pessoa humana ímpar. Gentil e educado, Andralzinho é um expoente do Direito no Estado do Rio de Janeiro.
Foi Presidente da Câmara Júnior de Campos, da Câmara Júnior do Brasil, da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional de Campos, entre tantos outros cargos de relevância que já exerceu.
Exemplo de caráter, de moral e de ética. Amigo e conselheiro para todas as horas. Nesta foto comemorando seu aniversário ao lado de sua mãe, Dona Juíva e do seu filho, Andral Neto.
A VOCÊ AMIGO E ÍDOLO DEDICO ESTE TEXTO ABAIXO, POIS RETRATA SUA EXATA NATUREZA DE AMIGO E IRMÃO:
Certa vez, um soldado disse ao seu tenente:
- Meu amigo não voltou do campo de batalha, senhor. Solicito permissão para ir busca-lo. - Permissão negada - replicou o oficial. Não quero que arrisque a sua vida por um homem que provavelmente está morto. O soldado ignorando a proibição, saiu, e uma hora mais tarde regressou mortalmente ferido, transportando o cadáver de seu amigo. O oficial estava furioso. - Já tinha dito que ele estava morto! Agora eu perdi dois homens! Diga-me: valeu a pena trazer um cadáver? E o soldado, moribundo, respondeu: - Claro que sim, senhor! Quando o encontrei ele ainda estava vivo e pôde me dizer: “Tinha certeza que você viria. AMIGO É AQUELE QUE CHEGA QUANDO TODO MUNDO JÁ SE FOI”!!!

3 comentários:

Vitor Augusto Longo Braz disse...

Andralzinho,
Receba essa sincera homenagem de seu fã e amigo. Minha eterna gratidão por tudo que você representa para mim.
Um forte e afetuoso abraço.
Vitor Augusto Longo Braz

Anônimo disse...

Andral,
A vinda do Deputado Federal Fernando Gabeira à Campos foi um grande sucesso...PARABÉNSS
estamos juntos.
um grande abraço.
Roberta da Hora Damasceno

15 de setembro de 2009 15:39

Anônimo disse...

Andral,
A vinda do Deputado Federal Fernando Gabeira à Campos foi um grande sucesso...PARABÉNSS
estamos juntos.
um grande abraço.
Roberta da Hora Damasceno

15 de setembro de 2009 15:39