sábado, 23 de fevereiro de 2008

EM CAMPOS, CASOS DE DENGUE TEM AUMENTO ACIMA DA MÉDIA
A doença levou ao óbito uma jovem de 18 anos esta semana em Campos, que registra um crescimento da dengue extraordinário. Em torno de 900%
Sinopse da imprensa: casos de dengue caem 40% no País, mas sobem 117% no Rio
23/02 - Redação do Último Segundo - Portal IG
SÃO PAULO – O número de casos de dengue no Brasil teve uma queda de 40% nas cinco primeiras semanas deste ano em comparação com o mesmo período de 2007. A redução aconteceu na maioria dos Estados, mas poderia ter sido mais significativa, caso o Rio de Janeiro não apresentasse tendência inversa, registrando aumento de 117%. As informações são da “Folha de S. Paulo”.
Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 22, pelo Ministério da Saúde, no Palácio Laranjeiras (residência oficial do governo), em cerimônia com a presença do governador Sérgio Cabral (PMDB).
Além do Rio, outros dez Estados tiveram aumento - cinco deles no Norte, razão pela qual a região
foi a única a apresentar crescimento (de 55%). Em todas as regiões, no entanto, o ministério diz haver baixa incidência (menos de 100 casos/100 mil habitantes).
Os 8.486 casos no Rio no início do ano representam 26% do total de 32 mil registros no Brasil. Levando em conta o tamanho da população, no entanto, a maior incidência é em Tocantins, com 192 casos por 100 mil habitantes. Em São Paulo, foram registrados apenas 254 casos até agora, uma redução de 95% em relação aos 4.694 do mesmo período do ano passado.
Uma das razões para os números do Rio, segundo o ministro José Gomes Temporão, é o alto percentual (chega a 38% na região metropolitana) de domicílios onde os agentes de saúde não conseguem fiscalizar.

5 comentários:

fred.soares,centro disse...

infelizmente já temos o primeiro falecimento por dengue hemorrágica de uma jovem em nossa cidade.Dá-lhe! cara nova!Chama pitangui.

Vitor Menezes disse...

Postei no urgente! Uma proposta para funcionamento da nossa rede de blogs. Quando puder, dá uma passada lá pra dar a sua opinião... Abração!

Big Brother disse...

Cadê os fumacês? Será que após cinco meses sem rodar pela cidade, voltará com o "Cara Nova".
Talvez. A cara do presidente do CCZ já está nova, cheia de botox. Até de forma exagerada, pois as suas sombrancelhas viraram acento circunflexo.

Anônimo disse...

O GERENTE ANTERIOR,ESSE TAL DE QUINTANILHA,REALMENTE É UM DESPREPARADO,MURILO DIEGUEZ COM O MÍNIMO DE AÇÕES SIMPLES ESTA TENTANDO RESOLVER OS PROBLEMAS DE UMA CIDADE MILIONÁRIA.MAS A GRANA FICOU COM O GERENTE DAS EMERGENCIAIS,QUE NADA FEZ!ALÔ MP !!!

Edson B. disse...

Vitor, passei a ver os fumacês rodndo a cidade. Pergunto a quem queira responder: por quê essas ações não começaram a mais tempo. Preciso subiro 900% os casos da doença (dengue) para começar o dever de casa.
Esse é o Projeto mais cara-de-pau que já vi nos últimos governos.
Pobre Povo campista. Muito Inocente.