quarta-feira, 15 de outubro de 2008

AO MESTRE COM CARINHO
Ser professor (Paulo Freire)
"Sou professor a favor da decência contra o despudor, a favor da liberdade Contra o autoritarismo, da autoridade contra a licenciosidade, da democracia contra a ditadura de direita ou de esquerda. Sou professor a favor da luta constante contra qualquer forma dediscriminação, contra a dominação econômica dos indivíduos ou dasclasses sociais. Sou professor contra a ordem capitalista vigente que inventou estaaberração: a miséria na fartura. Sou professor a favor da esperança que me anima apesar de tudo.Sou professor contra o desengano que me consome e imobiliza. Sou professor a favor da boniteza de minha própria prática, boniteza que dela some se não cuido do saber que devo ensinar, se não brigo por este saber, se não luto pelas condições materiais necessárias sem as quais meu corpo descuidado, corre o risco de se amofinar e já não ser testemunho que deve ser de lutador pertinaz, que cansa mas não desiste".

2 comentários:

Professora Hilda Helena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Professora Hilda Helena disse...

Você não poderia ter escolhido uma pessoa melhor para homenagear todos os professores!!!!Sou professora da rede Municipal e trabalho com a EJA e a política Educacional do minicípio está um caos!!!!Eu leciono para 20 alunos e na sala de aula existem três níveis de Alfabetização,primeira fase e segunda fase!!!Tudo aconteceu por tirarem um ret de R$500,00 de um profissional para diminuir a despeza dos cofres públicos!Conseqüencia????Muitos desistiram porque nem sendo artista um profissional pode dar conta de ensinar para um grupo que trabalhou o dia inteiro,e que não agüentam as 4 horas estipuladas pela rede ,desconsiderando que a EJA é uma modalidade de Ensino precisando ser adaptada e não copiada do Ensino Fundamental!!!!E você sabia que a prefeitura não oferece Alfabetização para Adultos e que muitos chegam a escola e são matriculados de cara na Primeira Fase e nunca conseguem progredir pois o profissional tem que avaliá-lo a nível da série que está matriculado e para piorar a situação do professor,haja mentiras para colocar nos diários...Na semana passada saiu uma resolução para implantar A Alfabetização da EJA para o ano que vem,mas a resolução deixa a desejar pois é difícil levantar a auto-estima daqueles que já tentaram várias vezes aprenderem a ler e a escrever,digo isto pois meus 18 alunos que não sabem ler não poderão ser matriculados na classe que será formada pois já estão matriculados na primeira!Aí eu te pergunto a turma só será formada se tiver um número de 10 alunos e como poderei exercer e convencer mais 10 pessoas já que os que precisam ser alfabetizados não podem?Fico pensando se essa lei saiu só para tapar buraco e servir para mostrar serviço pelas verbas recebidas para este fim ...pois não vejo condições de acabar com o analfabetismo no município de Campos com o descaso que está!!!