segunda-feira, 20 de outubro de 2008

MENTIRA TEM PERNAS CURTAS
Como se diz no popular, "mentira tem pernas curtas". Pois é, mal terminou o debate para que o candidato Arnaldo fosse desmentido, quando disse a candidata Rosinha que não era testemunha de nenhum secretário ou acessor do prefeito Mocaiber envolvido no escândalo da operação "Telhado de Vidro".
O Professor Roberto Moraes já postou em seu Blog uma consulta processual em que mostra que Arnaldo Vianna foi arrolado como testemunha de defesa do ex-procurador da PMCG, Alex Pereira.
O deputado Arnaldo mente que nem sente. Será que ele ignora a capacidade da população de Campos em buscar informações? Ou será que ele quer fazer o povo de bobo? COISA FEIA!

14 comentários:

doutor disse...

Vitor seu Borras bota voce não se
emenda seu tisgo

Blog Vitor Longo disse...

Eu não partido, ora bolas. Emendar pra quê?

Blog Vitor Longo disse...

Digo, eu não estou partido, ora bolas. Me emendar pra quê?

Anônimo disse...

Vantagem
A Pesquisa do Ibope contratada para o segundo turno da eleição em Campos, além de apontar o favoritismo de Rosinha (PMDB) com 13% à frente de Arnaldo Vianna (PDT), na estimulada, também revela outros números favoráveis à candidata. Dos entrevistados, independente da intenção de voto, 53% acreditam que Rosinha será a próxima prefeita de Campos, contra apenas 34% que apostam na vitória de Arnaldo.

Vantagem II
Já em relação à divisão de entrevistados por sexo, 48% dos homens optaram pela candidatura de Rosinha à Prefeitura de Campos e 41%, pela de Arnaldo. Já as mulheres elevam a vantagem, com a peemedebista tendo a preferência de 50% dos entrevistados do sexo feminino, contra 32% do pedetista.

Vantagem III
Levando-se em consideração a faixa etária, a candidata do PMDB está na frente em três das quatro faixas apresentadas, sempre com 10% ou mais de vantagem: dos 16 a 24 anos (50% a 40%); dos 30 a 39 anos (51% a 34%); e 40 a 49 anos (47% a 34%). Arnaldo tem melhor desempenho somente na faixa dos 25 a 29 anos, com 49% a 39%.

Vantagem IV
Em relação ao grau de escolaridade, Rosinha tem melhor desempenho em três dos quatro níveis: até a 4ª série do Ensino Fundamental, a peemedebista registra 56% contra 29% de Arnaldo; da 5ª série à 8ª série do Ensino Fundamental, 58% a 31%; e Ensino Superior, 42% a 38%. Arnaldo só está na frente entre os entrevistados com Ensino Médio: 45% a 40%.

Vantagem de Rosinha V
Rosinha leva vantagem em todas as quatro faixas salariais: mais de cinco mínimos, 42% contra 37% de Arnaldo; de dois a cinco mínimos, 43% a 39%; de um a dois mínimos, 55% a 32%; e até um mínimo, 52% a 35%. A pesquisa foi encomenda pela InterTV Planície e realizada entre os dias 15 e 16 de outubro, entrevistando 602 eleitores, estando registrada na 100ª Zona Eleitoral com o número 1426/08. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos.

Cidade Qualidade
Quando Arnaldo Vianna foi prefeito de Campos, através do Projeto Cidade Qualidade, prometeu um novo Mercado Municipal (foto), Rodoviária, Centro de Convenções, Usina de Talentos, Nova Beira Valão, Nova Ponte, Urbanização da Lagoa do Vigário, Novo Aceso à Cidade. Apesar de os projetos terem sido pagos a um famoso arquiteto, nunca saíram do papel...

Anônimo disse...

Na verdade vc vitor é um bossal. Não sabe pra onde corre apesar de se intitular organizador de corridas . Ora ta com o safado como vc , o Feijo , ora esta com Carlos Cunha tão safado quanto o primeiro e na nmaioria das vezes vc usa a sua profissão para aparecer.Pena que sua carreira é curta, todo mundo do meio do esporte tem sérias restrições a vc , até seus companaheiros do CEFET, onde vc naõ ganha eleição nenhuma .Aliás ...ta na hora de sua mascara cair.Vc quer mesmo , e, nunca vai conseguir é sentar na cadeira de presidente da Secretaria de esportes de Campos.No máximo vc conseguiu foi sentar no banco dos reus após briga nas redondezas do Pq.Caju onde residia.....sai fora seu tisgo

Marcelo Gato disse...

RECEBI ESTE E-MAIL


Arnaldo Vianna não é o santo que todos pintaram, e tão pouco é o amigo do povo. Se ele é um bom médico e um homem bom para os pobres isso ninguém sabe, o que se sabe e pode ser provado é que ele cometeu centenas de irregularidades com o dinheiro público e que por conta disso, tem metade da cidade na sua gaveta.
Arnaldo não foi bonzinho dando emprego para muitas pessoas ele e sua quadrilha compraram o voto do povo com sub-empregos e transformam a cidade em um curral eleitoral, garantindo assim, sempre uma expressiva votação. Os terceirizados foram manipulados por todos eles. Mocaiber e Arnaldo, que trouxe as empresas para Campos são os verdadeiros culpados. Enquanto os que trabalham ganham migalhas e ainda são penalizados, Arnaldo mantém vários marajás na prefeitura de Campos e são esses marajás, que não trabalham e vivem como sanguessugas que estão brigando pelo poder a qualquer custo.
Na lista dos terceirizados da Prefeitura podemos constatar o poder da quadrilha que assaltou os cofres públicos e corrompeu grande parte das pessoas desta cidade. Quando dizem que 'Arnaldo é forte' e que 'todo mundo gosta dele', a explicação está na lista da José Pelúcio, da Facility e da Cruz Vermelha. As pessoas pobres, que trabalham, recebem salários normais; mas os oportunistas, geralmente da classe média, estes nem exercem a função e recebem salários altíssimos. Ou salários razoáveis, mas não trabalham.
Na Gerência de Desenvolvimento Geral da Prefeitura há uma lista da José Pelúcio com um assistente administrativo chamado Marcos Antoine Fernandes de Sales, cujo salário é de R$ 4.440,93. Mas, na mesma lista, tem assistente administrativo ganhando R$ 1.734,44 (é o caso de Jocimar Rocha Tavares), outro, a Mônica Iris da Silva Gomes Terra, recebendo R$ 1.127,48, o mesmo que Valcir Macedo dos Santos, Ailton Freitas Ferreira e Kleber Augusto Amaral de Lima. Mas na mesma gerência Maria Teresa Gama Manhães ganha, como assistente administrativo, R$ R$ 931,94. Dá para constatar que o salário normal é de R$ 931,94 para a função. Então, por que a disparidade?
Na mesma gerência tem um fisioterapeuta de nome Edivaldo Vieira de Azevedo, que recebe R$ 3.963,42. Alguém sabe quem é essa pessoa? Filho de quem? E por que uma gerência de Desenvolvimento, técnica/administrativa, tem um fisioterapeuta? Ele faz o que lá? Ou só recebe?
Nessa tal gerência tem a Jaqueline Cardoso da Silva como auxiliar de enfermagem, com salário de R$ 1.734,44. Para que um auxiliar de enfermagem naquela gerência? Para completar as aberrações, o Francisco de Oliveira Moraes é agente administrativo e ganha R$ R$ 1.230,93 e a Berenice de Souza Silva Viana, entre outros, que também é agente administrativo, ou seja, o mesmo cargo na mesma gerência, ganha R$ 608,99. Que, aliás, é o salário normal de um agente administrativo.
Antes das demissões havia na Secretaria de Governo, 1960 contratados ilegalmente, cuja folha de pagamento girava em torno de R$ 1.883,062,30, mensalmente. Na Secretaria de Educação havia 2.909 terceirizados, que custavam aos cofres públicos a bagatela de R$ 3.292,719,71. A classe média, na qual o candidato de Mocaiber, Arnaldo Vianna, que contratou todo mundo prefere Arnaldo e está satisfeita com o atual estado de coisas. Isso porque o Prefeito empregou todo mundo.
Alexandre Mocaiber, covardemente, para ajudar seu candidato a prefeito, demitiu milhares de pessoas que trabalhavam e manteve gente que não trabalha, mas recebem da prefeitura e muitos que recebem altos salários, além dos filhos e demais parentes de chefes e secretários.
Os demais candidatos à Prefeitura de Campos não concorrem politicamente com Arnaldo Vianna. Concorrem com uma quadrilha que assaltou os cofres públicos. Prova disso está na listagem geral dos terceirizados das fundações José Pelúcio, Facility e Cruz Vermelha.
Podemos constatar algumas aberrações. Uma delas está no cargo de assistente administrativo, cujo salário é de R$ 830,00, mas que os critérios usados obedecem ao QI (quem indica) podem elevar para R$ 1.792,08. Outra de é de assessor técnico, cujo salário é de R$ 1.869,00 na Facility e para os 'mais apadrinhados' na José Pelúcio é de R$ 4.727,90, ou R$ 3.452,96 ou R$ 3.283,35.
O delegado Luis Armond, por exemplo, tem uma irmã, que mora em Niterói, a KARLA SYMONE ARMOND CAMPOS, e recebe da Prefeitura, R$ 1.641,69 como assistente administrativo. A outra, pelo que consta, é sua mulher, a JOANA CABRAL SALES, que também é assistente administrativo e ganha R$ 2.495,16. Já seu pai, DJALMA DE AZEVEDO CAMPOS, é assessor técnico e ganha R$ 4.727,90.
Mas Luis Armond tem uma espécie de assessor chamado Rogério. O irmão de Rogério, Braulino Luiz Pontes Neto recebe da prefeitura, como assistente administrativo, R$ 1.792,08. A irmã de Rogério, Carla Oliveira da Silva Pontes que também não mora em Campos, também recebe, como assistente administrativo, R$ 1.641,69. Uma pessoa 'ligada' a Rogério, que mora em São Fidélis, a Edileny de Souza Villaça, recebe como assessor técnico a quantia de R$ 3.433,59. O sobrinho de Rogério, Thiago Gomes Navarro Pontes é assistente administrativo e ganha R$ 1.660,88. E tem mais: uma assessora (de Rogério ou do delegado Luis Armond?) a Vicência Paes Peliconi, ganha, como assessor técnico, R$ 4.727,90. Com tais salários, os DAS da Prefeitura têm que ser recompensados. Então, conseguem a nomeação de parentes e aumentam suas rendas familiares. Como um grupo que age dessa maneira, contratando desde pessoas simples até figurões e parentes de figurões pode ser chamado de grupo político? Como enfrentar esse grupo politicamente, com o discurso político, com propostas políticas, se ele compra o eleitorado dessa maneira?
O pastor da 7ª Igreja Batista, o Camilo Fernando de Caldas, que recebe como assistente administrativo R$ 830,00 deve procurar seu candidato, Arnaldo Vianna e dizer que o que recebe é injusto, porque induz os seus fiéis a votar e só recebe uma ninharia mensalmente.
Você acha justo que algumas pessoas ganhem salários como esses e você continue desempregado ou ganhando uma mixaria por mês?

Patrícia Rangel Rodrigues - R$ 19.239,75
Laura Terra Guimarães - R$ 17.575,43
Rodrigo Albuquerque Hermida - R$ 15.524,46
Louise Therese Chacar Lima - R$ 13.993,79
Cintia Melo de Paula - R$ 12.882,77
Célia Cristina Nemer Rios - R$ 12.772,52
Anelisa Maciel Martins - R$ 11.637,10
Rodrigo Machado Amaral - R$ 11.630,78
Paulo Marsicano Cezar Vieira - R$ 11.483,02
Francis Helen Skury Mattar Hentzy - R$ 8.479,73
Fausto Alan de Jesus Santos - R$ 8.504,85
Fabiano Viana Andretti - R$ 8.244,91
Fabiano Oliveira Moraes - R$ 8.042,71
Ednei Peixoto Rangel - R$ 8.504,85
Ana Carolina Muniz Soares Dias Duarte - R$ 8.261,09
Wanderlei Sales Marinho Júnior - R$ 8.780,73
Vitor Motta Carneiro - R$ 8.630,95
Raphaela Gaigher Marques - R$ 8.510,19
Priscila Cristina Bedin Jana - R$ 8.630,95
Marcio Flor Manhães - R$ 8.504,95
Marcelle Maron Velasco - R$ 8.690,19
Hugo Wanderley Alves - R$ 8.779,42
Hugo Leonardo Gonçalves Pinto - R$ 8.485,50
Vanessa Mendonça Câmara - R$ 7.965,91
Ricardo Madeira Coelho Azevedo - R$ 7.948,81
Raymundo Martins Santiago Neto - R$ 7.729,58
Hugh Honorato de Souza - R$ 7.933,43
Antonio Cristóvão Espinosa - R$ 7.901,18
André Luis de Almeida - R$ 7.881,83
Alex Sandro do Couto de Lima - R$ 7.901,18

Basta! Isso é uma vergonha e uma covardia com o povo pobre e humilde. Ainda há salários de R$ 3.385,80, e outro, Renata Pinto Boynard que recebe R$ 6.573,17. Enfermeiros que recebiam R$ 4.000,00 e Rafael Brandão Rocha que recebia R$ 5.799,19. Um assistente administrativo recebia entre R$ 2.512,89, sendo que o salário normal era de R$ 802,76. Os técnicos em laboratório tinham salários de R$ 2.652,19, mas alguns recebiam R$ 916,38.
Só de terceirizados no HGG, contratados em 2004 e que ficaram até março de 2008, quando o convênio com a Cruz Vermelha foi suspenso custavam mensalmente a quantia de R$ 525.283,28 aos nossos cofres. No Ferreira Machado ocorria o mesmo, com a folha dos terceirizados chegando a R$ 585.125,00 mensais. Por essas e tantas outras é que o juiz Geraldo Batista Júnior determinou a demissão de 15 mil contratados (da José Pelúcio e da Facility), dizendo, na sentença, que esses contratados representam 60 mil votos, influenciando qualquer pleito. Se um magistrado diz isso numa sentença é porque o caso é muito grave. O Tribunal de Contas já havia dito que a polícia deveria prender 'essa gente de Campos'

Anônimo disse...

E ai Vitor!!pelo jeito o opalão já estácomadesivo do 15 neh...seu fracassado

Anônimo disse...

Amigo anônimo, vou lhe informar mais: está coma desivo de Feijó 45, de Rosinha 15 e de TODO IMUNDO É 12. Esse vitor é f....

Carlos Cunha disse...

Meu caro amigo Vitor. Vocë em sabe que normalmente eu náo respondo a anönimo, ou seja, alguém que náo tem coragem suficiente para se apresentar e se esconde por trás de sua própria mentira,
Vitor, é uma honra te ter como amigo, por sua seriedade, comprometimento com seus propósitos e opiniao e por ser um dos maiores idealistas que tive a oportunidade de conhecer em minha vida.
Sei, porque voce nunca negou, que nunca teve interesse em fazer parte de governos, por nao compactuar com certas pr;aticas políticas, o que é uma pena, pois o esporte de Campos ganharia muito com a sua colaboracao.
Quando tentam atingi-lo, o fazem por despeito, incopetencia e inveja, pois toda Campos sabe que voce sozinho, tem feito pelo esporte o que estes maus gestores nao fizeram nos ultimos dez anos e é bom que se lembre, que voce tem feito sem ajuda do poder público municipal.
Amigo, voce nao me nomeou seu advogado de defesa, mesmo porque voce nao precisa, mas minhas consideraçoes sao tao somente para reafirmar minha admiraçao por voce.
Quantos aos comentários do mesmo anonimo, a meu respeito, agradeço a ele pela lembrança do meu nome e que sua preocupaçao, meu caro anonimo, me ajuda a lembrar que jamis deverei tentar andar na sua trilha, para poder continuar sendo olhado por meus filhos e netos, com orgulho.
Carlinhos Cunha

Prof. Luís Carlos disse...

Caro Anônimo caluniador,
Sou professor de Educação Física e dou aulas numa das maiores academias de Campos. Se vc não sabe o Prof. Vitor foi presidente da Associação dos Professores de Educação Física por duas vezes, sempre obtendo a grande maioria dos votos. Foi também Conselheiro Regional de Educação Física do Estado do Rio de Janeiro, sendo, inclusive, homenageado pelo Pres. FHC.É só olhar a direita do seu blog.
Se você tem alguma coisa contra ele, diga-o pessoalmente. Ou tem medo dele? Ou vc é amigo urso? Ou vc não se conforma em perder a sua boca, ser incluído no grupo que foi preso por assaltar os cofres públicos, perder sua Hillx, pegeout, renout ou qualquer carrão, que a maioria dos corruptos possui?
Pelo que conheço o Prof. Vitor e converso com ele, infezlimente, foi ele que fez o maior lobby para Feijó indicar o atual pres. da Fundação do Esporte. Ele nunca almejou tal cargo. Aliás, nem precisa. Já faz muito pelo esporte sem ter apoio público. Vc lê o blog dele e fala que só faz corrida, talvez vc seja míope ou não queira enxergar. Caluniador anônimo é algo de mais podre que pode ter dentro do ser humano.

Meu filho é analista de sistema em São Paulo, vou tentar com ele identificar o IP em que vc anônimo covarde faz esses comentários depreciativos, que o professor deveria excluir.

Anônimo disse...

Lamentável sobre todos os aspectos o advogado de Arnaldo Vianna, André Ávilla, tentar enganar os ministros do TSE e, principalmente os eleitores de Campos, ao afirmar em rede nacional pela TV Justiça que o candidato do PDT teve mais votos do que a Rosinha no 1º turno, quando a ata da Justiça Eleitoral em Campos confirmou que Rosinha teve 118.245 votos e Arnaldo Vianna 108.210 votos.
Outra inverdade é o advogado de Arnaldo Vianna argumentar que as contas da verba federal não foram prestadas porque o então prefeito foi afastado do cargo pela Justiça e que depois de deixar a prefeitura foi sucedido por adversários políticos.
Ora, todo mundo sabe que Arnaldo Vianna só ficou algumas horas fora do cargo por determinação judicial e que os dois prefeitos que o sucederam foram os candidatos apoiados e do grupo político dele: Carlos Alberto Campista e o atual prefeito, Alexandre Mocaiber.
Agora, Arnaldo Vianna mentiu, pelo menos três vezes no debate: disse que o TSE o absolveu; disse que não era testemunha de seu ex-procurador-geral Alex Pereira Campos, que está preso em Bangu 8 desde o dia 11 de março, após a Operação Telhado de Vidro; e mentiu quando disse que Garotinho e Rosinha não colocaram água em Travessão de Campos quando foram governadores porque não quiseram, quando na verdade desde 1998, um ano antes de Garotinho assumir o Governo do Estado, o ex-prefeito Sérgio Mendes, este mesmo que aparece na TV pedindo votos para o 12, entregou de mão beijada a concessão de água do município à Empresa Águas do Paraíba, excluindo Travessão da obrigatoriedade da empresa (Águas do Paraíba) em levara a água para o distrito.
O 12 é o partido que usa a mentira como a sua principal arma na campanha.
O eleitor não é bobo!

Flávia D'Angelo disse...

Juíza Márcia Succi absolve Chicão no caso de impugnação

A Juíza Márcia Alves Succi acaba de prolatar a sentença no caso da impugnação do candidato a Vice-Prefeito de Rosinha, Chicão, absolvendo-o da acusação de fraude e adulteração e, ainda, determinando a extração de cópias dos autos ao MP para apurar o crime de responsabilidade em face da litigância de má-fé dos advogados de Arnaldo Vianna.

Marcelo Gato disse...

Juiza confirma registro de vice de Rosinha
A juíza eleitoral de Campos, Márcia Succi acaba de dar sentença, negando a tentativa dos advogados de Arnaldo Vianna, de impugnar o registro da candidatura do vice de Rosinha, o médico Dr. Chicão.

Ela rejeitou os dois argumentos apresentados pelos advogados. Na sentença, a juíza confirma que Dr. Chicão se desincompatibilizou dentro do prazo legal e não apresentou nenhum documento falsificado.

A juíza Márcia Succi foi mais longe e encaminhou cópia do processo ao Ministério Público Eleitoral, para que seja instaurado inquérito, a fim de que os advogados de Arnaldo Vianna respondam por litigância de má fé e tentativa de tumultuar o processo eleitoral.

Acabou a mentira de Arnaldo. Dr. Chicão está totalmente dentro da lei.

A verdade é uma só: Arnaldo Vianna continua sem registro.

RAPHAEL CRESPO disse...

Após de ler e reler todo este lixo,achei que devia me manifestar para dizer ao prof.Vitor Longo que continue com este" coração de estudante",pois ele mantém vivas vossas convicções,e dizer para Carlinhos Cunha que seu coração ultrapassa os ombros.Tenho uma enorme satisfação de te-los como amigos,muito me honra e me orgulha estas amizades.Injúria,calunia e difamação sãos crimes agravados, quando partem publicamente de um anonimato covarde,porém desvendável.Estas agressões são feitas por quem mistura paixões com posições.