domingo, 3 de agosto de 2008

REGATA ESVAZIADA
Hoje pela manhã fui assistir a regata do padroeiro que fez parte da programação esportiva dos festejos do Santíssimo Salvador. Lembrei-me da época, há algumas décadas passadas, quando mei pai me levava para ssistir este evento. De tão importante e pomposo que era, meu pai chegava a comprar roupas novas para que pudessemos (eu e meu irmão) assistir ao evento. Naquela época, durante o acontecimento, multidões lotavam as orlas do lado direito e esquerdo do Rio Paraíba do Sul. Era dificil conseguir um lugar que pudéssemos visualizar a competição sempre muito bem organizada e com páreos bem disputados entre os clubes: Campista, Saldanha da Gama e Rio Branco e outros que eram convidados. A falta de investimento em barcos mais modernos tecnológicamente, associado ao descaso desse esporte por parte dos gestores do esporte campista em governos passados e, ainda, a falta de um planejamento estratégico visando reviver a atração popular pelo remo, digo investimento em publicidade (divulgação), repasse de verbas com a regularidade que viabilize a formação de novos atletas e a manuntenção contínua de um trabalho de base, fatores que aliado ao desconhecimento de um gestor que não é da área, talvez tenha sido um dos principais fatores do desinteresse da população em prestigiar ao evento. Não fosse o idealismo, o comprometimento e o esforço das pessoas que compõe a Associação de Remo talvez não tivéssemos regata este ano. Felizmente existem pessoas que possuem o ideal do esporte. Embora sem público, com poucas provas e número reduzido de atletas dou os parabéns a Associação de Remo de Campos. Com certeza não fosse a Associação de Remo este ano não teríamos a tão tradicional regata do padroeiro.
Orla esvaziada de público durante a regata. Foto tirada em frente ao Campista.
Mais uma visão do desinteresse ou falta de informação do público quanto ao evento.
O "oito com" que participou sózinho da prova.
Uma prova somente com três barcos. Alguns de outras cidades.

2 comentários:

sai de reto! disse...

Fazer eventos bonitos como o remo,porém péssimamente divulgado,é uma falta de respeito com os bravos atletas e com a população.

ana carolina 6ºperiodo disse...

S.O.S os alunos bolsitas da estácio de sá,quase 900,estão estudando sem matricula,porque a PMCG não repassou a verba do convênio.Todas receberam,menos a estácio,os alunos estão desesperados e não tem a quem recorrer,não tem espaço na imprensa falada nem escrita.estamos pedindo ao prof.Vitor Longo para nos ajudar juntamente com o movimento de seus companheiros blogueiros.Ouvimos dizer que é retaliação pois Paulo Hirano e a direção da faculdade estão apoiando Rosinha.N´s alunos estamos padecendo,por favor nos ajude divulgando nossa luta.