domingo, 27 de abril de 2008

CORRIDA ARTEFÍSICA BATE RECORDE DE INSCRIÇÕES Há vinte dias aproximadamente estou comprometido, de corpo e alma, com o sucesso desse evento. Não é nada fácil realizar um evento em que as dificuldades diversas se apresentam, uma atrás da outra. Assim que tive o sinal verde do Banco Itaú, o patrocinador do evento há nove anos, minha primeira atitude foi procurar os atores principais do acontecimento, quais sejam, os atletas. De uma forma interativa definimos em conjunto as estratégias para uma boa organização, numa verdadeira interatividade. Um grande acerto de minha parte. Durante os procedimentos organizacionais tive ao meu lado os atletas de ponta de Campos e também aqueles aficcionados pelo esporte, que deram suas sugestões e, diga-se de passagem, que foram todas acatadas. Discutimos vários aspectos: percurso, premiação e ao final, como não poderia deixar de acontecer, discutimos políticas públicas para o esporte em Campos, especialmente o atletismo. Ainda sobre essa interatividade com os atletas, que estavam diariamente comigo, uma voz unissona soava entre eles: a falta de apoio e o descaso com o esporte por parte da municipalidade. Para que vocês tenham noção, os atletas de corrida de rua de Campos não participam de eventos que tenham a marca da FME/PMCG. Estão todos revoltados com a atual gestão. Após a interação com os atletas, procurei os moradores do local aonde vai acontecer o evento, para informar-lhes do acontecimento. Tive carta branca de quase todos. Uma motivação a mais para mim. Ato contínuo, procurei parcerias. Isso, acredito que devido a credibilidade construída ao longo dos anos, não foi dificil. Conseguimos o apoio da Chicri Calçados, da Água Mineral Campinho, do Hortiverde, do Jornal O Diário, da Rádio Diário FM, da TV Record, da Rádio Cultura e dos Refrigerantes Corôa. Mantive contatos com amigos gestores públicos do esporte de vários municípios vizinhos e o resultado é que teremos quatorze cidades diferentes representadas na Corida Artefísica. Recorde de participantes. Mais de 300 inscritos. Na verdade, desconheço outro evento dessa natureza com esse volume de participação. Não nego minha satisfação e meu orgulho com tamanha adesão de participantes e com a representatividade do evento, que passa a ser uma referência do atletismo de rua em nossa Região. Mas, não poderia deixar de dizer que este evento não possui nenhum subsídio público sequer, embora deveria. Pois este evento já não mais me pertence. Ele não é de Vitor ou da Artefísica. Este evento é do município de Campos. As impressões que ele proporcionará cairá na conta do município. Por isso eu digo que o poder público, por diversas razões, deveria ajudar em alguma coisa. Mas não ajudaram em nada. E querem saber, graças a DEUS. Os atletas de corrida de rua de Campos estão num estado de revolta tão grande com a instituição que geri o esporte em Campos, que se tiver sua marca eles não participam, e o que é pior, BOICOTAM. Agradeço o apoio do Banco Itaú, que nos patrocina há nove anos e, tenho certeza, que estão satisfeitos e, ainda, que em nenhuma hipótese irão se dobrar a possíveis propostas de boicotes por parte do poder público, que por sua vez tem demonstrado interesse em não deixar o esporte sobressair nas mãos de pessoas independentes. Neste domingo teremos uma verdadeira festa do esporte em nossa cidade, com direito a manifestações diversas, respaldadas pelo direito constitucional de livre expressão individual. E o esporte é uma dessas ferramentas para protestar seus descontentamentos. Vamos aproveitar para fazer uma nova versão do "CHEGA DE PALHAÇADA". Contamos com a presença de todos, para presenciar este evento esportivo e de cidadania. Estamos procurando fazer a nossa parte. Que DEUS nos abençõe.

2 comentários:

Xacal disse...

Vitor,

parabéns pelo evento...
o sucesso dessa iniciativa demonstra que não acontece por acaso, ou apenas boa vontade...

o planejamento, gestão com partilhada, respeito aos interesses que estão agregados (moradores, patrocinadores, etc) demonstra, guardadas as proporções, que é possível otimizar recursos para maximizar resultados...

Blog Vitor Longo disse...

Xacal,

Essa turms ds boquinha não se conforma. Jogaram ovos nos meus staff's e na informatização do evento. E teve um cara de pau para perguntar se o Itaú sabia das denubcias que todos fizeram.

Eles não me conhecem e eu cago e ando para eles. Pode virem quente que eu estou fervendo. Só se matarem.

Mas isso tem que ter peito ou armar uma crocodilagem, porque se vier na cara aberta, pode ter certeza, Vitor vai mostrar a eles do que sou capaz.

Não vão me intimidar. Já tomei as medidas legais cabíveis e que tomem cuidado com Vitor. Esse rapaz não é flor que se cheire!!