sábado, 6 de outubro de 2007

Rockfeller De Lima – O “Divisor De Águas”

*Prof. Vitor Augusto Longo Braz Falar de Rockfeller Felisberto de Lima, essa personalidade ímpar, essa lenda viva da política municipal, estadual e federal, em poucas linhas, torna-se tarefa das mais difícieis, para um limitado jornalista, como eu. Rockfeller foi Vereador, Presidente da Câmara Municipal, Deputado Estadual, Deputado Federal, Vice-Prefeito, Prefeito, Suplente de Senador da República e atualmente exerce o cargo de Secretário Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Tecnologia. Um currículo político invejável. Talvez nenhum outro político campista possua tamanha diversificação e experiência no campo político, como o que Rockfeller de Lima possui. Rock, como a população campista o chama de forma carinhosa, foi uma das mais brilhantes aquisições do Prefeito Alexandre Mocaiber, para consolidar um governo de coalizão política. Político hábil, competente, honesto (basta analisar sua vida para constatar, que contra ele nunca pesou nenhuma denúncia sequer, seja de malversação do erário público, de enriquecimento, ou quaisquer outras) e olha que ocupou diversos cargos públicos ao longo de toda sua vida. Um político de moral ilibada, que faz questão de afirmar ser esse seu único patrimônio, a honestidade, as mãos limpas. Como Prefeito de Campos, no curto mandato que exerceu, deixou obras importantes, que se perpetuaram, pelo seu valor, ao longo de muitas décadas, podendo citar: os Sandús, o Palácio da Cultura, o Colégio 29 de maio, a 1a. rua asfaltada de Campos e tantas outras. Ressalte-se, por importância, que Rock exerceu um curto mandato de Prefeito e, quando a nossa cidade era pobre, daí que como o gestor máximo do município, tinha que fazer a chamada política “do pires na mão”, ou seja, sair pedindo recursos aqui e acolá. Mas, com habilidade de poucos políticos, Rock, acima de tudo, um “gentleman”, sempre educado e fino com todos, trouxe muito progresso para Campos no seu breve mandato de Prefeito. Como atual Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo e Tecnologia, Rock tem dinamizado essa pasta. Com sua influência política no âmbito estadual e federal e aproveitando dos incentivos fiscais e empréstimos, que o Fundo de Desenvolvimento de Campos – FUNDECAM – proporciona, várias indústrias e feiras de negócios têm se instalado no município, gerando emprego e renda para os munícipes. Rock teve a felicidade, talvez a intuição, que sua experiência política e de vida lhe adequaram, ao convidar um jovem, dinâmico e competente, para ser seu subsecretário, o Marcelo Queiroz, a quem me orgulho de ter tido a honra de participar de sua formação, como seu professor, na antiga Escola Técnica Federal de Campos. Formou-se, então uma dupla acertada. Um político experiente e um jovem dinâmico. Não demorou muito para que essa dupla pudesse mostrar um novo perfil administrativo no campo, comercial, industrial, tecnológico e, principalmente, turístico para Campos. Escrevo esse artigo, depois de acompanhar e presenciar uma verdadeira maratona de eventos dos mais variados, promovidos pela SINCOMTUR. Desde julho, com a promoção do Inverno Quente, em Farol de São Thomé, onde durante todo o mês, aconteceu uma vasta programação turística e cultural, envolvendo e atraindo milhares de pessoas, gerando emprego e renda, até hoje, dia 26 de agosto de 2007, a SINCOMTUR, promoveu feiras de negócios (de beleza, por exemplo), eventos esportivos e culturais, que serviram de poderosos atrativos para o Turismo em vários pontos de belezas naturais, praticamente desconhecidos dos campistas e, principalmente, dos turistas de outras cidades de todo o Brasil. Em Lagoa de Cima, promoveu em agosto o Projeto “Turismo e Fitness, com Qualidade de Vida”, levando a Terceira Idade de Campos a se deliciar com a beleza do local, durante todo um dia inteiro de lazer e alegria. Um final de semana após, promoveu o Torneio Inter Regional de Futevolei, que, diga-se de passagem, o mais bem organizado e de maior nível técnico, já acontecido na Região, com a presença de atletas consagrados no Brasil e no exterior, atletas de Campos e de cidades da Região. Um verdadeiro SUCESSO. Só para enriquecer, um pouco mais: através desse evento esportivo (o Torneio de Futevolei), Campos, mas especificamente Lagoa de Cima, permaneceu na mídia diversificada durante mais de um mês e, ainda continua nos meios de comunicação social globalizado, basta acessar o site oficial do futevolei do Brasil (www.futevolei.com.br - o site da tradição do futevolei no Brasil), para constatar notícias e fotos do Torneio de Futevolei, acontecido em Lagoa de Cima. Neste final de semana, promoveu novas ações turísticas, agraciando, mais uma vez, Lagoa de Cima, com um Campeonato, a nível estadual, de Wind Surf. Mais uma vez, Lagoa de Cima foi para a mídia nacional e local, levando centenas de pessoas a conhecer a nossa “Suíça Brasileira”. Rio Preto, localidade do distrito de Morangaba, emoldurado por belíssimas paisagens, cercada de montanhas e com cachoeiras lindíssimas, também teve o turismo incrementado pela SINCOMTUR, através da 7ª etapa do Campeonato Estadual de Cross Country, evento que é merecedor de todos os louvores, devido a sua brilhante organização, caprichada nos mínimos detalhes. Desde a escolha e montagem da pista, num local, que possui um “pano de fundo” esplêndido, até ao aparato de segurança, composto de guardas municipais, policiais florestais, equipe de resgate com ambulâncias, médicos e para-médicos e enorme equipe de apoio. A ornamentação aérea com balões infláveis, barracas coloridas, pista demarcada com faixas de patrocinadores, arquibancada e área vip, deram o tom da beleza da organização. Rio Preto, ficou literalmente lotado com a realização deste evento. Quero aproveitar para parabenizar aos organizadores, professor Leandro Ribeiro Gomes e Roberto Moll Filho, o Betinho Moll. Ah! Não posso deixar de citar que vários atletas de Campos tiveram a oportunidade de participarem deste evento, ao contrário da Volta Ciclística de Campos, onde a não se viu campista na prova e a maioria era de estrangeiros. Também, não posso esquecer de citar que na semana anterior, dia 18 de agosto, aconteceu um ENDURO EQÜESTRE, também em Rio Preto, que contou com a participação de centenas de cavaleiros de todas as partes do município, principalmente das localidades interioranas. Em todos esses eventos promovidos pela Prefeitura de Campos, através da SINCOMTUR, movimentou-se além do turismo, a geração de serviços e renda, pois o consumo por parte dos participantes e do público é algo significativo nesses eventos. E a feira de cosméticos realizada recentemente, pela segunda vez, em Campos. Um SUCESSO! Além de atrair expositores de várias cidades e capitais do País, movimentou imensa soma de recursos financeiros. Mas, para não desmoronar no erro da injustiça, não posso deixar de tecer os melhores elogios ao subsecretário da SINCOMTUR, o Marcelo Queiroz, jovem dinâmico, gentil, competente e realizador. O braço forte de Rock. Com certeza, tem sido um grande aluno de Rock. Atende a todos que o procuram, com a mesma gentileza do seu superior, resolve todos os problemas que lhe aparecem de forma objetiva e clara e, sempre se mostra disposto a servir para que a sua tarefa de subsecretário da SINCOMTUR, traga desenvolvimento para a nossa cidade nos setores abrangidos pela sua pasta, e eleve, cada vez mais, o nome de Campos dos Goytacazes. Para finalizar este artigo, faço uma pergunta aos leitores: Quem se lembra dos últimos Secretários de Turismo de Campos? Pois bem, vou responder, por ordem decrescente: Odilon Martins, excelente pessoa, honesta e trabalhador, porém não teve o dinamismo e a visão suficiente para alavancar o turismo em nossa cidade. Talvez, até, não tivesse tido tempo, pois sua passagem pelo cargo foi rápida. Lucas Vieira, pessoa de qualidade, acadêmico, gerenciou no início o Fundecam, mas não deixou lastro no Turismo de Campos. Fábio Paes, um jovem, que pessoalmente gosto dele, mas que suas ações se restringiram, principalmente a shows, quase que unicamente em Farol de São Thomé, e no Verão. Com Rock e Marcelo, estamos presenciando o desenvolvimento do Turismo em todos cantos bucólicos de nosso município, através de ações diversas, com oportunidades para todos. Através de suas atuações, Campos dos Goytacazes está virando um pólo de turismo, no mais amplo sentido da palavra. Dessa forma, reforço o título deste artigo: NO TURISMO EM CAMPOS EXISTE O ANTES E O DEPOIS DE ROCK E MARCELO QUEIROZ. SÃO OS “DIVISORES DE ÁGUA” NESTE SETOR.

13 comentários:

Raphael disse...

Num momento tão dificil da vida politica nacional e local,nós campistas ainda temos o privilégio de poder contar com um homem público limpo,idealizador,atual,e o mais importante,um espírito generoso ainda preocupado com as questões sociais.Visionário que em tempos passados quando prefeito,fez mas por nossa cidade que qualquer outro.Rock é unanimidade,pois não há quem não goste e admire esta figura querida.Queremos Rock!!!Volta Rock!!!.Raphael Crespo.

Anônimo disse...

Acho mesmo que para moralizar esta cidade Rockefeller de Lima é a solução

Anônimo disse...

A família APOE agradece,Eleonora

Anônimo disse...

Rockefeller conhece todas as potencialidades do nosso município,é o secretário que deu ouvido as nossas necessidades buscando incrementar a praia do Farol fora da temporada.

Anônimo disse...

Se Rock tivesse sido o vice prefeito de Mocaiber,a prefeitura não estaria essa bagunça que está.Por causa de sua experiência e honestidade,Renato Abreu,seu eleitor sempre.

Anônimo disse...

só dá ROCK!!!
Igor Silva

Anônimo disse...

conterrâneo,estamos contando com o sr. para ajudar a festa da nossa santa,em Travessão.Fica com Deus.Francisco

Anônimo disse...

Professor será que Roquefeler é o candidato a prefeito do PSB?José Jorge-Fundão

Anônimo disse...

Gostaria de pedir ao secretário de turismo para não esquecer de Santo Eduardo.Taciane

Anônimo disse...

Professor Vitor,o senhor podia levar Rock no auditório do CEFET para ele dar uma palestra para nós alunos,sobre política atual,beijo.Isabela

Hamilton Lima disse...

Caro Vítor,
Estamos organizando na UENF um seminário sobre a política local e, a partir da leitura de seu artigo, gostaríamos de convidar o Rockfeller de Lima p/ participar: vc. poderia nos informar o contato dele (tel. e email)?
Grato e parabéns pelo blog.

Hamilton disse...

Meu end-e: hgl1964@gmail.com.

Anônimo disse...

Eleonora vc tem o contato de Rockefeller sou neta de jocimar paes Pereira primo dele